domingo, 24 de julho de 2011

Cortina 1 - Crochê Filé

Crochê: Filé ou Rede (32)

Para fazer barras


Crochê: Filé ou Rede (31)

Ponto V

Muito utilizado em caminhos, toalhinhas, de efeito delicado e muito bonito.


Crochê: Filé ou Rede (30)

Quadrados Cheios

No filé, os quadrados cheios são representados no diagrama por quadrados preenchidos, cruzes ou círculos. Trabalhe cada símbolo do diagrama assim: faça 3 pontos altos e mais 1 ponto alto extra, que vai fechar o quadrado cheio e iniciar ao mesmo tempo o próximo quadrado (vazio ou cheio).

Dessa forma, um único quadrado cheio será formado por 4 pontos altos; dois, por 7 pontos altos; três, por 10 pontos altos, e assim por diante.

Crochê: Filé ou Rede (29)

Quadrados Vazios

No filé, os quadrados vazios são representados no diagrama por quadrados não preenchidos. Trabalhe cada quadrado vazio do diagrama da seguinte forma:

Faça 1 ponto alto, 2 correntinhas e mais 1 ponto alto. Você pode trabalhar também diminuindo o espaço fazendo: 1 ponto alto, 1 correntinha, 1 ponto alto – entre cada ponto alto de ligaçao. As receitas mostram se você irá trabalhar com 2 ou 1 correntinha no filé.

Colcha 5 - Para sua imaginação criar: bem colorida

Criatividade, Dedicação, Bom Gosto elaboraram belíssimas peças em crochê! Aí vai um exemplo, esta peça inspira os squares de várias e várias formas, é só ir montando.


Crochê: Como fazer uma casa (28)

Geralmente, nas receitas você terá indicação de quantas casas e como dispor as mesmas no trabalho.

Faça entre três e cinco correntinhas, sobre um número idêntico de pontos da carreira anterior. Na carreira seguinte, introduza a agulha nas correntinhas, fazendo pontos altos ou pontos baixos.


Crochê: Como Unir Quadrados (27)

Abaixo mostramos três técnicas para unir quadrados de crochê:


1. Unem-se os quadrados pelo direito do trabalho com ponto baixo.


2. Pode-se também unir pelo avesso com ponto baixíssimo: introduz-se a agulha sob os fios superiores dos pontos de borda.

    3. Ainda pelo avesso: unem-se uns aos outros com um ponto chuleado, prendendo os fios superiores dos pontos da borda.

        sábado, 23 de julho de 2011

        Bebê - Porta Bebê

        Diferente e aconchegante Manta




        Crochê: Meio Quadrado (26)

        Como fazer meio Quadrados





        Crochê: Quadrados Coloridos (25)

        Várias cores no quadrado




        Crochê: Iniciando Quadrados (24)

        O quadrado de cor única


        Faça 6 correntinhas e una a última à 1ª com 1 ponto baixíssimo = p.bx., formando um anel.

        1ª carreira: faça 3 corr. equivalentes ao 1º p.a., 2 p.a. no anel trabalhando sobre a corr., 2 corr. Repita 3 vezes 3 p.a., 2 corr. Una com 1 p.bx. à 3ª corr.

        2ª carreira: 2 corr., trabalhe no espaço de 2 corr., 3 p.a., 2 corr., 3 p.a., formando o canto. Faça *1 corr. e forme o outro canto com 3 p.a., 2 corr., 3 p.a. no espaço seguinte de 2 corr. Repita mais 2 vezes desde o *. Una com 1 p.bx. o último ponto à 1ª corr.

        3ª carreira: 3 corr. equivalentes ao 1º p.a., 2 p.a. no 1º espaço de corr. para a esquerda do p.bx. da volta anterior, 1 corr. *.

        Trabalhe o canto como foi explicado anteriormente, faça 1 corr., 3 p.a. no espaço de 1 corr. Seguinte, 1 corr. Repita mais 2 vezes desde o *. Trabalhe novamente o canto, faça 1 corr. E uma com 1 p.bx. à 3ª corr.

        4ª carreira: 2 corr., 3 p.a. no espaço de 1 corr. seguinte, 1 corr., *trabalhe o canto, 1 corr. e faça 2 vezes: 3 p.a. no espaço seguinte de 1 corr., 1 corr. Repita mais 2 vezes desde o *, trabalhe o canto, faça 1 corr., 3 p.a. no último espaço de 1 corr. antes do p.bx. da volta anterior. Uma com 1 p.bx. à 1ª corr. Corte o fio, puxe e remate as pontos no avesso.

        Crochê: Iniciando em Círculo (23)

        Inicie a correntinha como de costume.


        Faça o número de pontos solicitados na receita, feche em círculo com ponto baixíssimo.



        Outra forma de iniciar um círculo:




        E o famoso....                         
        MAGIC RING – ANEL MÁGICO

        Enrole algumas voltas de linha no dedo, proceda o ponto desejado por toda a volta deste anel, após terminar puxa a ponto do fio de sobra, o anel ficará fechadinho.

        quinta-feira, 21 de julho de 2011

        Colcha 4 - Módulos Hexagonal com flor

        Maravilhosa, não é mesmo? Esta belíssima colcha de crochê é trabalhada com motivos de flor em hexágonos, você utiliza agulha de crochê 1,25 mm na cor que quiser.

        Crochê: Magic Ring (22)

        MAGIC RING - ANEL MÁGICO



        Enrole o fio no dedo, com a linha que vem do novelo faça um ponto baixo ou ponto solicitado no trabalho. Ao final da volta una com um ponto baixíssimo, puxe a sobra do fio inicial, isto, fechará o centro do trabalho, fica bem fechadinho.

        quarta-feira, 20 de julho de 2011

        Colcha 3 - Ponto pipoca

        Maravilhosa Colcha em Borbotos = ponto pipoca em módulos quadrados, trabalhada com agulha de crochê 2,5 mm.

        Toalhinha 1 - Maravilla

        Mimosa e delicada toalha de centro! Trabalhada com linha fina Camila ou Cléa utilize agulha 1,25mm.


        Gráfico

        terça-feira, 19 de julho de 2011

        Colcha 2 - Em módulos coloridos

        Adoro esta colcha em módulos coloridos! O visual é maravilhoso de encher os olhos e encantar! Escolha suas cores, pode utilizar aqueles restos de lã guardados ou linhas a agulha para crochê 2 mm. O tamanho você elabora o que quiser, módulos são bons por isto, você adapta ao seu uso!


        Almofada 1 - Ponto Alto em Relevo

        Material: 100 g de linha amarela, agulha proporcional a linha empregada.

        0,50 m de alpaca para forro, com 1,40 m de largura, para cada almofada, flocos de espuma para enchimento.

        Pontos empregados: Ponto baixo; Ponto Alto; Ponto cesta (passo-a-passo 15); Ponto caranguejo (passo-a-passo 16)

        Execução: A almofada é trabalhada com fio duplo. DICA: una os dois fios com 3 a 4 miçangas num tamanho adequado para que o fio corra livremente ao trabalhar, ele não se enrolará nem dará nós.

        Ponto cesta: Variação do ponto alto em relevo (num. de pontos divisível por 4 mais 2 para virar).
        A partir da 3ª corr., a contar da agulha, trabalhe da seguinte maneira:
        1ª Carreira: toda em ponto alto = p.a.
        2ª Carreira: 2 corr. para virar *1 p.a. em relevo pela frente no ponto seguinte, 1 p.a. em cada um dos 3 p.a. seguintes*. Repita de *a* e termine com 1 p.a. na 2ª corr.
        3ª Carreira: 2 corr. Para virar, *1 p.a. em relevo por trás no p.a. em relevo anterior, 1 p.a. em cada um dos 3 p.a. seguintes*. Repita de *a* e termine com 1 p.a. na 2ª corr.
        4ª Carreira: volte à 2ª carreira.

        Monte uma correntinha de 45 cm de comprimento e trabalhe 45 cm de altura nos pontos indicados. Elabore duas partes iguais.

        Acabamento: Feche a almofada em 3 lados pelo direito com uma carreira de ponto baixo. Faça uma almofada com a alpaca, usando as mesmas medidas das partes de crochê.
        Encha-a com flocos de espuma. Coloque essa almofada de tecido dentro da almofada de crochê. Feche o lado aberto com ponto baixo e faça a sua volta 1 carreira de ponto caranguejo.

        segunda-feira, 18 de julho de 2011

        Crochê: Diminuições (21)




        Crochê: Diminuições (20)


        Á Direita
        Para diminuir um ponto no lado direito, faça uma correntinha para virar do modo habitual, execute o primeiro ponto, pule o segundo e trabalhe até o fim da carreira. Nunca diminua pulando o primeiro ou o último ponto da carreira, pois as bordas do trabalho ficariam irregulares, comprometendo a estética e dificultando o acabamento do trabalho.


        À Esquerda
        Para diminuir um ponto no lado esquerdo, faça a carreira, pule o penúltimo ponto, trabalhe o último e volte normalmente com um ponto correntinha.


        Em ponto alto
        Se estiver fazendo ponto alto (ou ponto alto duplo ou ponto alto triplo), não pule o segundo ponto, mas trabalhe-o sem rematar. Isto é, não execute o último movimento, para ficarem dois pontos na agulha. Trabalhe do mesmo modo o terceiro ponto e depois feche o ponto. Pegue o fio com a agulha e passe-o através de todas as laçadas da agulha. O segundo e o terceiro pontos ficarão reduzidos a um só, sobre o ponto anterior. Use o mesmo sistema no fim da carreira trabalhando o antepenúltimo e o penúltimo ponto sem fechar, para depois rematá-los juntos.


        Crochê: Diminuições (19)


        Diminuições Simples:
        01.  Para diminuir 1 ponto na parte interna do trabalho, execute 2 pontos sem fechar, depois feche-os de uma só vez. Trabalhar 1 p sem fechar significa não executar o último movimento. Diminuição em ponto baixo: introduza a agulha no primeiro dos 2 pontos iniciais, pegue e retire uma laçada, deixando-a na agulha. Você terá então três laçadas na agulha. Coloque o fio sobre a agulha e feche esses pontos de uma só vez.


        02.  Se as diminuições devem se repetir com certa regularidade, assinale com um fio de cor diferente o ponto onde elas deverão ser executadas. Faça a diminuição sobre os 2 pontos que a precedem – para as diminuições à direita. Quando a diminuição for à esquerda, faça-a sobre os 2 pontos seguintes.



        Diminuições Duplas: Para fazer duas diminuições trabalhe 3 pontos sem fechar e feche-os com 1 ponto só. Se as diminuições devem se repetir com certa regularidade, marque ao lado do ponto que deve ser diminuído. Trabalhe esse ponto, o precedente e o seguinte sem fechar, depois feche-os de uma só vez.

        Crochê: Aumentos Internos (18)


        01.   Quando você quiser aumentar 1 ponto na parte interna do trabalho, trabalhe 2 pontos no mesmo ponto.


        02.   Aumentos regulares: Se os aumentos devem ser repetidos com certa regularidade, marque o ponto onde eles devem ser executados com um fio de outra cor. Para obter aumento à direita, trabalhe 2 pontos de base que precede o ponto marcado. Para obter aumento à esquerda, trabalhe 2 pontos no ponto depois do ponto marcado.



        03.   Aumentos Internos Decorativos: Marque o ponto desejado para o aumento no avesso do trabalho. Sempre no avesso, execute 1 ponto correntinha antes do ponto marcado (se desejar o aumento à esquerda) e 1 ponto correntinha após (se desejar o aumento à direita). Na carreira seguinte, no lado direito do trabalho, introduza a agulha no arco formado pela correntinha e execute o ponto de aumento.



        04.   Aumentos Internos Duplos: Para aumentar 2 pontos, trabalhe 2 pontos no mesmo ponto de base. Se esses aumentos devem repetir-se regularmente de ambos os lados, marque o local do aumento e trabalhe 2 pontos no ponto anterior e 2 pontos posterior ao ponto marcado.

        Crochê: Aumentos Externos (17)


        01.  Aumentos Externos de um Só Ponto: Para aumentar apenas um ponto no trabalho volte com um ponto correntinha. Depois trabalhe 2 pontos, no segundo ponto. Use o mesmo sistema no fim da carreira, trabalhando 2 pontos no penúltimo ponto. Trabalhe normalmente o último ponto e volte com 1 ponto correntinha.


        02.  Aumentos de dois pontos: Para aumentar 2 pontos no trabalho, proceda como foi descrito acima, aumentando 1 ponto. Em seguida, trabalhe 2 pontos, também no terceiro ponto e antes dos 3 últimos pontos, no fim da carreira.


        03.  Aumentos de mais pontos: Para acrescentar vários pontos numa carreira, trabalhe 1 correntinha, com tantos pontos quantols você quiser aumentar, quando chegar no fim da carreira. Faça 1 correntinha para virar. Na carreira seguinte, trabalhe também sobre a correntinha.


        Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
        Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...